O inicio da alimentação é um marco na vida de todo bebê, e também um desafio para as mamães. As papinhas para bebê serão o primeiro contato que uma criança vai ter com a comida, por isso capriche, crie diversas combinações, misture sabores, acrescente temperos, ervas e especiarias.

Isto mesmo, a introdução dos alimentos deve ser feita desde muito cedo, para que o bebê se habitue com os sabores, e quando adulto possa fazer escolhas mais saudáveis e ter um paladar mais aguçado.

1- Nunca use mixer, blender ou liquidificador na papinha para bebês;

É muito comum o uso de liquidificadores ou outros utensílios para moer e liquefazer as papinhas para bebês. Mas o que há de errado nisto?

Papinhas para bebês muito liquidas não necessitam sem mastigadas, e isso é exatamente o oposto do que o bebê necessita. Os músculos da mastigação precisam ser estimulados desde o início, por isso a importância de alimentos mais macios e pastosos.

O processo de triturar o alimento deixa a papinha para bebês muito liquida, isso destrói as fibras essenciais contidas na papinha, o que pode gerar prisão de ventre. Outro problema é o sabor, você gostaria de ter para o almoço ou jantar um suco salgado? É claro que não, e nem o bebê!

Outro problema é a densidade calórica da papinha para bebês, alimentos muito líquidos possuem baixas calorias. Então o bebê teria que ingerir maior quantidade para suprir suas necessidades calóricas, o que ele não consegue por ainda ter um pequeno espaço no estômago.

Por isso os legumes e frutas da papinha para bebês deve ser bem amassado com o garfo e a carne super desfiada, mas nunca liquidificada.

2- Use temperos iguais aos que usa para o preparo da sua comida na papinha para o bebê;

Faça comida com sabor sempre! Não é por que a comida é para um bebê que não vai ser bem preparada. Há muitos especialistas que dizem que a papinha para bebês deve ter um sabor tão bom que poderia ser servido a qualquer um.

No início use óleo ou azeite, e um pouquinho de sal, de preferência não refinado. Já por volta de 7 a 8 meses pode-se introduzir na papinha para bebês alho, cebola e ervas, como salsinha, coentro e manjericão.

Assim você vai acostumando o bebê aos diferentes sabores, e assim que possível, ele poderá comer a mesma comida que o resto da família está consumindo.

Uma dica importante é: Não dê mel enquanto o bebê não tiver 1 ano, e tente adiar ao máximo o consumo de açúcar. Para as frutas, pode-se usar um pouquinho de canela para variar no sabor.

3- Procure ingredientes orgânicos e frescos

Sempre busque utilizar frutas e verduras da estação para a papinha para bebês, pois estas serão sempre mais frescas, por terem que viajar menos até chegar em sua cozinha.

Se possível utilize alimentos orgânicos, pois uma alimentação livre de agrotóxicos é essencial na boa formação do bebê.

Lembre-se sempre de lavar muito bem os alimentos antes de cozinhar a papinha, pois micro-organismos e toxinas podem ficar acumulados. Se necessário, utilize-os sem a casca.

4- Cozinhe sempre no vapor

Para que nenhum nutriente seja perdido, o ideal é cozinhar as frutas, legumes e verduras para a papinha para bebês no vapor. Quando colocamos o alimento para cozinhar em imersão com água, todos os principais componentes nutritivos irão embora na hora de escorrer a água.

Existem vários tipos de panela específicos para o cozimento no vapor, mas também podem ser usados acessórios, como as cestas de bambu, que são ótimas por encaixarem-se em quase todos os tipos de panela.

Acessório de Bambu para Cozinhar no Vapor
Foto: Acessório de Bambu para Cozinhar no Vapor

5- Armazene de forma correta

Se for guardar a papinha para bebês, lembre-se sempre de utilizar recipientes adequados, que podem ser esterilizados e que não irão oferecer riscos a saúde do bebê, como os potes de vidro com fechamento hermético da Bormioli Rocco.

Os potes herméticos da Bormioli Rocco são excelentes na hora e armazenar, pois são fáceis de ser higienizados, podem ser lavados a lava louças e ao micro-ondas. Podem ser esterilizados em água fervente, o que auxilia na conservação das papinhas para bebês.

Além da tradição centenária da marca Bormioli Rocco, você leva para sua cozinha um produto totalmente atóxico, e que é encontrado em diversos tamanhos e modelos.

Potes Herméticos Bormioli Rocco
Foto: Potes Herméticos Bormioli Rocco

E ai gostou do nosso conteúdo sobre o que você precisa saber sobre papinhas para bebês? Gostaria de receber mais conteúdos como esse semanalmente? Se sim, siga-nos nas redes sociais e assine nossa newsletter, assim podemos lhe trazer mais inspiração culinária.

Se tiver alguma dúvida ou sugestão, pergunte para nós. Será um prazer ouvi-lo e solucionar seu problema. Todos os contatos estão no rodapé do Blog.

 

facebookgoogle_pluspinterestmail

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *